Atividade física em jejum? Pode?

Pode sim!!! O exercício físico mobiliza o GLUT-4 (transportador da glicose para a célula) para a membrana da célula muscular SEM a participação da insulina. A insulina, como sabemos, é o hormônio armazenador, que transforma o alimento em gordura corporal, ou seja, nosso almoxarifado de gordura! Eis o imenso benefício que o exercício físico promove, que é absorver a glicose através deste GLU-4 para dentro do músculo, sem transformá-la em estoque de gordura corporal.

Esta glicose que entra durante o exercício vai para a formação de glicogênio, que é a principal reserva do músculo e é quem dá volume à massa muscular! Uma única molécula de glicogênio carreia 2,7 moléculas de água!

Resumindo o ideal seria iniciar a atividade física em jejum, ou com alimentos que não aumentem a insulina, para que não se perca esta vantagem. Se a insulina estiver alta durante o exercício, você não conseguirá queimar gordura do seu corpo, pois a insulina é um hormônio ARMAZENADOR e dirá: "STOP lipólise! Você poderá, em caso de exercícios extenuantes, tomar um carboidrato de rápida absorção DURANTE o treino, sendo fundamental a sua ingestão no pós-treino imediato!

Este efeito do GLUT dura até cerca de 1hora após o exercício, momento mais que ideal para se alimentar sem engordar. É uma maravilhosa "janela metabólica". Se for comer após 2 horas de treino, você perderá todos estes benefícios!

Mas, se quiser comer algo antes? o que comer? e Quanto tempo antes?

Para saber, fique ligado nos próximos posts!

VISITE-NOS: Rua Dom José Tomaz, 1007
Tirol - Natal, RN

ESCREVA-NOS: [email protected]

LIGUE-NOS: (84) (84) 3611-3400
(84) 99192-9858